A NTS concluiu com êxito seu primeiro HAZOP, na ECOMP Taubaté. O Estudo de Perigos e Operabilidade, conhecido como HAZOP (Hazard and Operability Study), é uma técnica indutiva e estruturada para identificar perigos de processo e potenciais problemas de operação associando de forma sistemática, um conjunto de palavras guia às variáveis de processo.

Para cada desvio identificado, são relacionados suas causas, consequências, modos de detecção e salvaguardas existentes, recomendando medidas adicionais quando necessário. Ao todo, serão realizados mais 4 HAZOPs cobrindo todas as Estações de Compressão da NTS.

No processo de Taubaté, o grupo técnico avaliou 12 nós (divisão lógica da instalação baseado em etapas ou funções do processo), dos 20 totais, abrangendo todos os equipamentos e processos exclusivos dessa ECOMP.

Os pontos fortes demonstrados durante o estudo de risco foram:

  • Equipe altamente técnica que conhece a fundo as instalações da NTS – os debates chegaram a um nível de detalhamento excepcional, dificilmente encontrados em estudos de risco desse tipo;
  • Abertura para discussão e debate – a equipe teve oportunidade de trocar experiências, debater possibilidades e normas técnicas;
  • Equalização de conhecimentos – testes, vivencias e experiências foram compartilhadas abertamente;
  • Equipe multidisciplinar – Estiveram presentes funcionários(as) de vários departamentos, o que auxiliou o processo de avaliação de um risco levantado.

O próximo HAZOP será realizado na semana de 4 a 8 de julho, em Campos Eliseos.